terça-feira, março 28, 2006

 

Webwrinting X Redator jornalístico

O professor Crawford Killian, da Universidade de Vancouver - Canadá, lançou o livro “wrinting for the web” ( Escrevendo para web). O livro traz dicas para quem quer redigir para web e aborda várias questões como a diferença entre webwrinting e redator jornalístico.



Para o canadense Killian é uma realidade no virtual “Uma facção de profissionais prega a quase-filosofia de que webwriting não é "simplesmente" a redação para a web, mas muito mais do que isso; outra acredita que webwriting é apenas um nome pomposo para definir a adaptação de textos para a mídia online ou, em linguagem rasteira, os conceitos básicos da boa redação jornalística". E para esquentar o debate entre os profissionais da comunicação ele ainda diz que qualquer um pode escrever para a web “O webwriter pode ser jornalista, mas também pode ser um entusiasta, um especialista em comunicação corporativa, um marqueteiro, um artista, um editor, um educador, um bibliotecário. Como a redação para a web é uma habilidade especializada, ela se divide em muitas sub-especialidades, a depender da necessidade." Debates à parte, as dicas são legais e vale a pena para quem quer ser um profissional de web dar uma conferida no livro. Aqui vão algumas dicas que ele apresenta em seu livro:
Seja sucinto e preciso:

É difícil para a vista ler durante muito tempo em um monitor de computador, e a velocidade de leitura em uma tela é em média 25% menor do que em uma página impressa.) Isso significa que tudo que você escreve precisa ser o mais resumido possível. A idéia é transmitir a mensagem da maneira mais rápida, porque não há muito tempo.
Mantenha os parágrafos e sentenças curtos.
Não leve esse conselho ao extremo e torne seu texto muito simplório, mas Killian sugere que os parágrafos na Web não deveriam ter mais que, digamos, 75 palavras de comprimento, e que as frases neles sejam curtas.
Reduza os floreios:

Em um exemplo de como produzir textos enxutos e apropriados à Web, Killian sugere que você comece escrevendo trechos de entre 150 e 200 palavras. Depois, tente reduzi-los a cerca de 55 ou 60 palavras, e a partir daí acrescente os complementos que julgar necessários.
Use verbos fortes em lugar de fracos:
Escreva "decidir", não "tomar uma decisão". Ou "usar" em lugar de "fazer uso de". Essa técnica não só apresenta sua mensagem aos leitores da Web de forma mais vigorosa como também ocupa menos espaço.
Use a voz ativa:
Usar a voz passiva ("um sério erro foi cometido" é um risco ocupacional em campos como a escrita acadêmica, ciência e tecnologia, lembra Killian. Mas se você tem uma audiência geral, ela não cabe em um site da Web. Use a voz ativa ("você cometeu um erro sério") quando escrever para a Web, para que sua redação não o faça soar como um pedante. Usar a voz ativa também tende a usar menos palavras para dizer a mesma coisa, e para os leitores da Web que tendem a dar uma olhada no texto em vez de ler com atenção, a brevidade é crucial.
Atenção no uso de metáforas elaboradas.
Se você estiver descrevendo uma metáfora para governo como "o navio do Estado" em um parágrafo, e mais tarde no mesmo texto quiser ampliar a metáfora e chamar o Legislativo de "sala das máquinas", pode ser que a técnica funcione na mídia impressa, mas online não é assim. Os leitores podem pular de um ponto a outro de seu conteúdo, e "entrar" em um artigo pela metade. Se lerem apenas a parte final dessa metáfora, ficarão confusos.
Escreva e edite tendo em mente leitores internacionais:
Quando escrever para um site na Web, lembre-se de que pode ter uma audiência internacional. Os leitores dos Estados Unidos podem entender o que "fender bender" quer dizer (um congestionamento monstro), mas pessoas de outros países ficarão perplexas. Pense antes de empregar palavras ou frases características, sugere Killian.
Imprima o texto para corrigi-lo:
Uma vez mais voltando à realidade irrefutável de que é mais fácil ler em papel do que no computador, Killian implora aos editores da Web que imprimam todos os textos para uma revisão final , leia em voz alta seu texto para a Web -outra técnica para descobrir frases que soam mal e que você poderia perder se tentasse corrigir suas provas diretamente na tela.


 

Será que vai dar pizza?

O prazo para a apresentação do Relatório final da CPI dos correios foi adiada a pedido do presidente da comissão, o senador Delcídio Amaral (PT/MS).
De acordo com o senado não houve tempo para finalizar as análises de todos os documentos e a prestação de contas de todos os sub-relatores.
A comissão tem prazo máximo até 10 de abril para apresentar o relatório final.
Leia Mais....
A crise começou nos correios
"O homem de 3 mil reais" . Esse foi um dos titulos das matérias que circulavam em todos os jornais do Brasil No dia 16 de maio de 2005: Sob suapeita de corrupção o diretor dos Correios é afastado. O então ministro das Comunicações, Eunício Oliveira (em julho, substituído por Hélio Costa), anunciou o "imediato afastamento" do chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios, Maurício Marinho, e "abertura de inquérito administrativo com vistas à sua demissão a bem do serviço público". Marinho estava envolvido em um esquema de corrupção nos Correios.
Através de um vídeo, de cerca de 1h50 de duração, é registrado Maurício Marinho embolsando R$ 3 mil, video exibido várias vezes nos meios de comunicação. O esquema de propina nos Correios envolveria Marinho, o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o seu então presidente, deputado Roberto Jefferson. O ministro Eunício solicitou ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, imediata abertura de inquérito para apurar todas as denúncias contidas na reportagem. Ao ministro da Controladoria Geral da União, Waldir Pires, Eunício solicitou investigação de todos os indícios de corrupção contidos na gravação e afirmou que "o ministério seguirá rigorosamente os preceitos do governo federal e que não tolerará qualquer ato de corrupção nas empresas e órgãos a ele subordinados". o ministro Thomaz Bastos pediu abertura de Inquérito à Polícia Federal e, no dia seguinte, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) criou uma comissão de sindicância para apurar a acusação.
A executiva nacional do PTB rebateu as acusações : "Não há, nem nunca existiu, qualquer esquema de corrupção envolvendo o partido". e ainda afirmou que Jefferson era honesto: “Temos convicção da honestidade e da correção que sempre pautaram as ações de Roberto Jefferson e acreditamos que, fiéis à verdade, manteremos íntegro nosso partido."
A prensa da imprensa!
A “Veja” aguçou a oposição ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
O senador Álvaro Dias (PSDB/PR) pediu a constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista, alegando que o governo estaria sendo conivente com a corrupção, já que o PT, partido do presidente, se opôs à instalação da CPI. A base do governo no senado foi contra .
Para compor a CPI mista, são necessárias as assinaturas de 27 senadores e 171 deputados. Em apenas um dia, os números foram superados, tanto no Senado como na Câmara, incluindo a assinatura de Roberto Jefferson (que afirmou que a CPI era "uma luta de interesses contrariados de empresários" e que não via envolvimento do governo no episódio): 176 deputados - cinco a mais que o mínimo - e 39 de Senadores - folga de 12 signatários.
Mesmo com toda a força contra feita pelo governo , no dia 18 de maio a CPI foi protocolada com 222 deputados e 44 senadores da oposição e da base aliada.
Como diz Chico Buarque O que será? que será?



terça-feira, março 07, 2006

 

Como Montar um site se eu não sou programador?

Muitas pessoas têm vontade de ter um site e não sabem como montar. Aqui vamos dar algumas dicas de como você deve proceder para ter um .
As páginas que você encontra na Internet, na maioria das vezes, são criadas usando a linguagem html, é a mais recomendada para quem está começando. Hoje já é possível editar páginas sem o conhecimento da linguagem html, já que muitos programas geram o código para você.
O primeiro passo, antes de você ter umas páginas na Internet , é esboçar nas páginas de um caderno suas idéias. Anote tudo e faça um layout da página, em seguida você precisará de um editor , isto é, programas de montagem de sites.
Há vários editores gratuitos na Internet, que oferecem uma linguagem fácil.
Definido o editor você pode começar a trabalhar suas páginas , faça no Word mesmo.
Se você estiver com dificuldades ou sem idéias para começar a montar o seu próprio site, clique aqui para ver alguns modelos de páginas que você poderá usar, tanto na construção do seu site, para treinar um pouco de HTML.
Depois de estruturada sua página você deve comprar e registrar um domínio, o domínio é o nome do seu site, isso se faz através de outros sites que funcionam como cartórios da Internet um deles é o http://www.registro.com.br/ todos os dias milhares de domínios são ativados.
Feito isso você pode hospedar seu site por um ano e se quiser continuar no ar é só renovar o registro. Tendo o espaço para seu site em um servidor, você precisa enviar os arquivos de seu computador para ele. Muitos servidores possuem um gerenciador, em outros será necessário usar um programa de cliente FTP. Alguns programas, como o Microsoft FrontPage, possuem uma opção que envia os arquivos para o servidor.
Agora que está tudo dominado, vá em frente, abaixo tem alguns links que podem te ajudar a montar um site, então boa sorte!

CNET Builder.com - Notícias e informações sobre Web design e programação.
Crie seu Web site - Web Design, programação na Web e divulgação.
Freeware - Programação, Web design e serviços grátis. Site brasileiro.
TI Master - Alguns cursos e matérias gratuitas. Site brasileiro.
Web Review - Muitas notícias e informações sobre Web design e programação.
WebMasters - Informações, dicas, aplicativos para download, fóruns, etc.
WebMasters OnLine - Site nacional sobre Web design e programação.
Web World - Webmarketing, programação e negócios na Internet. Site brasileiro.
Tutoriais e apostilas:
Central de Apostilas - Apostilas sobre desenvolvimento em Web. Site brasileiro.
iBest.Masters - Site nacional com tutoriais sobre Web design e programação.
InterWeb - Tutoriais para Web designers e profissionais da internet. Site brasileiro.
Lemon - Site brasileiro com diversos tutoriais para download.
Tutoriais.com.br - Apostilas e tutoriais para download. Site brasileiro.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?